Todas as Notícias - INTERPOL e IAATI defendem trabalho conjunto entre polícias, mercado segurador e indústria no combate ao roubo e furto de veículos

 

Em evento organizado pelo Grupo Tracker, no último dia 18 de junho, em São Paulo, integrantes da INTERPOL e da Associação Internacional de Investigadores de Roubo de Automóveis (IAATI) defenderam a cooperação mútua entre empresas de tecnologia, polícias e mercado segurador, para o combate ao roubo e furto de veículos na América Latina.

Maior empresa de rastreamento e localização de veículos do país, o Grupo Tracker é a única companhia brasileira do segmento a fazer parte da IAATI, que tem mais de 3850 membros de 68 países e há 63 anos se dedica a desenvolver e incentivar os mais elevados padrões profissionais de conduta na investigação de roubo de automotores.

No início do encontro, o investigador sênior do Estado de Nova York, John V. Abounader, que é líder e perito em operações contra o roubo de veículos no nordeste dos EUA, ressaltou que a IAATI precisa do apoio e cooperação de toda a cadeia. “Networking é o ponto principal do trabalho. Sem fronteiras e sem inimigos no combate ao crime”.

O Oficial da INTERPOL na América do Sul e Comissário da Polícia Federal Argentina, Domingos Andres Toledo, considerado uma das principais referências no combate ao crime organizado na região das Américas, lembrou que os veículos são meios necessários para todo tipo de delito. “Bandidos necessitam de armas de fogo e de carro. Administrar os delitos é também combater o tráfico ilícito de veículos, por isso precisamos trabalhar intensamente nesta modalidade de crime e consequentemente estaremos combatendo crimes mais importantes e graves”, enfatizou.

Toledo apresentou dados da última operação conjunta realizada pela INTERPOL e IAATI em nove países da America do Sul, quando foram apreendidos 1.648 veículos (avaliados em mais de U$S 24 milhões de dólares), 329 pessoas presas e 308 armas apreendidas.

Daniel Oscar Beck, presidente da IAATI Capítulo Latino-americano e do Caribe, ressaltou que o principal objetivo da entidade é o intercâmbio de informações. “É um projeto multidisciplinar. A América tem uma situação muito complexa. O ideal é socializar a informação, a experiência que cada polícia tem. Do que vale a informação se não dividirmos com os demais?”.

Outra iniciativa importante da IAATI é a parceira com instituições de ensino para a formação dos profissionais. “Algumas universidades argentinas se especializaram em formar investigadores e oferecem cursos de capacitação e cursos de formação. Uma iniciativa de extrema importância para o sucesso dos trabalhos”, contou Beck.

Já os convidados Juan Facundo Flores, um dos mais respeitados e conhecidos profissionais de Direito da América Latina que atuam na investigação de veículos roubados, e Oscar Alberto Farinelli, comissário Geral da Polícia de Buenos Aires, deram um panorama das medidas de sucesso tomadas na Argentina para combater o roubo e furto de veículos pesados, geralmente cometidos por organizações grandes, com características de empresa e organograma definido.

O diretor Nacional de Operações do Grupo Tracker e vice-presidente da IAATI Capítulo Latino-americano e do Caribe, Carlos Alberto Betancur Ruiz, encerrou o evento reiterando a importância do trabalho conjunto entre polícias, mercado segurador e indústria. “Precisamos criar uma grande rede de contato e formar equipes multidisciplinares atuantes. Temos um grande compromisso com a sociedade”, concluiu.

O 1º Evento IAATI no Brasil contou ainda com a participação de diferentes representantes das secretarias de segurança pública , assim como os delegados chefes das especializadas de roubos e furtos de veículos de diferentes Estados do Brasil (DEVECAR), do delegado supervisor do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil do Estado de São Paulo (GOE), do Dr. Guilherme Lazo Solano Filho; do Dr. Mario Palombo supervisor do GARRA SP, além de autoridades policiais de diferentes especializadas nos crimes de Minas, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul; e de representantes do mercado segurador brasileiro.


Comentários


Pouco Muito





Captcha Image

antonia alves teixeira commented on 22-Sep-2015 12:27 AM3 out of 5 stars
muito bom gostaria de me
me associar
sou jornalista