Novidade é aqui mesmo!

Blog da Tracker

Fique por dentro de tudo que acontece no Universo Tracker - notícias, estudos, ocorrências de roubo ou furto, novidades, lançamentos de produtos e muito mais! Chegou o Blog da Tracker!

ilustração caçador tracker
O Caçador Tracker
November 13, 2020

Como fazer rodízio de pneus: qual a maneira correta?

como-fazer-rodizio-de-pneus-qual-a-maneira-correta

Como fazer rodízio de pneus do carro: guia prático para acabar com suas dúvidas!

 

Somos naturalmente apaixonados por carro, todos já tivemos carros dos sonhos. Cuidar bem do carro, depois de tanto desejar ter um, é algo comum na rotina das pessoas e muito difundido em nossa sociedade. Mesmo assim, certas tarefas geram dúvidas e dividem opiniões sobre a forma correta de se executar, é o caso sobre como fazer o rodízio de pneus.

Muitos dizem que é importante fazer o rodízio dos pneus periodicamente, outros dizem que não passa de um mito. Por outro lado, quando o assunto é como fazer o rodízio dos pneus corretamente, a discussão realmente ganha força.

Para tirar todas as suas dúvidas e saber se vale a pena fazer o rodízio de pneus, montamos esse guia prático e completo. Aqui vamos explicar o motivo de tanta polêmica, porque fazer o rodízio, quando e qual a forma mais indicada, entre outras dicas de cuidados básicos com o carro.

O que é rodízio de pneus do carro?

Antes de entrar na discussão sobre como fazer rodízio de pneus do carro e se vale a pena fazer isso, vamos explicar qual a ideia por trás dessa ação. Basicamente, rodízio de pneus é a troca de posição onde os pneus estão colocados no veículo.

E por que fazer rodízio de pneus? Bom, o objetivo aqui é que o desgaste da banda de rodagem dos pneus seja uniforme, aumentando a vida útil do componente. Além disso, quem defende este cuidado afirma que isso garante um bom desempenho na dirigibilidade, frenagem e consumo de combustível, que manteriam a eficiência por mais tempo.

Por que existe tanta polêmica quanto ao rodízio de pneus?

Observando o último tópico, parece bem claro que os benefícios de fazer o rodízio de pneus são bem convincentes, o que levanta o questionamento sobre o motivo de tanta polêmica sobre o rodízio.

Os problemas começam por nem mesmo os fabricantes de pneus e veículos entrarem em um consenso sobre como fazer o rodízio de pneus e se isso é realmente necessário, isso sem mencionar os reais efeitos de fazer ou não essa troca.

A maioria das pessoas faz o revezamento da posição dos pneus porque aprendeu dessa forma e nem questiona. Como fazer o rodízio de pneus costuma ser indicado no manual do proprietário do veículo, mas nem isso é unanimidade.

A Renault e a BMW são exemplos de montadoras que não indicam o rodízio para os pneus dos seus veículos. A ideia é que no momento da troca, a estabilidade do veículo seria afetada, elevando o risco.

Para a maioria das outras, todas que se tem notícia, a prática é recomendada.

Apesar de não haver consenso, podemos entender que os argumentos para ambas as opiniões são interessantes. Sim, ao trocar a posição dos pneus é plausível que o desgaste irregular afete a estabilidade, porém isso não parece ser muito notável ou impactante, simplesmente não há dados sobre isso.

Assim como não há dados sobre quanto se ganha de durabilidade por fazer o rodízio de pneus.

Como fazer rodízio de pneus corretamente?

Supondo que você opte por realizar a troca e quer saber como fazer o rodízio de pneus adequadamente, a boa notícia é que há um pequeno consenso quanto a isso.

De modo geral, existem duas formas de como fazer o rodízio de pneus: por tipo de pneu ou por tipo de tração do veículo. Vamos a eles.

Rodízio por tipo de pneu

De acordo com as fabricantes, o correto é:

  • Pneus unidirecionais: esse tipo de pneu, já antigo e caindo em desuso, tem direção única, como o nome já diz. Por isso, a troca deve ser feita apenas em paralelo, substituindo a posição apenas entre dianteira e traseira, nunca da esquerda para direita;
  • Pneus assimétricos: os pneus assimétricos, que podem ser comuns, mistos, verdes ou os novos run flat, as opiniões se dividem novamente. A Pirelli, por exemplo, defende que a troca seja sempre em paralelo. Já a Goodyear defende a troca em X, onde o pneu traseiro esquerdo iria para a dianteira direita e assim por diante.

Rodízio por tipo de tração

Considerando o veículo que você possui, o ideal é seguir a recomendação da montadora no manual do proprietário. Caso você não tenha mais esse documento ou a indicação não conste nele, o mais recomendado é:

  • Tração 4x4: recomenda-se toda troca em X, alternando entre dianteira e traseira, bem como lado esquerdo e direito;
  • Tração dianteira: para veículos com tração dianteira, o indicado é que os pneus da frente mantenha o lado ao serem colocados na traseira. Os pneus traseiros, no entanto, devem trocar de lado ao serem instalados na dianteira;
  • Tração traseira: em veículos de tração traseira, o jeito certo de como fazer o rodízio de pneus é exatamente o inverso dos modelos de tração dianteira. Ou seja, pneus traseiros seguem para a dianteira em paralelo, mantendo o lado. Pneus dianteiros vão para a traseira alternando o lado, indo da direita para esquerda e vice-versa.

Em resumo, a indicação segue o quadro abaixo:

 

O estepe entra no rodízio de pneus?

Como polêmica pouca é bobagem, aqui entra outro ponto de discórdia, até mesmo entre quem entende do assunto.

Os mais conservadores defendem que o estepe não deve entrar no rodízio, uma vez que ele é um equipamento para emergências e fica acomodado sob condições diferentes dos demais pneus, não fazendo sentido buscar o desgaste uniforme para ele, de qualquer forma.

Essa indicação também é feita para estepes com limite de velocidade máxima, os quais definitivamente não comportam as condições de uso normais.

Para quem defende que o estepe deve ser incluído no modo correto de como fazer rodízio de pneus, a justificativa é que, além de garantir o desgaste uniforme e menor impacto caso precise utilizar o pneu sobressalente, isso evita que o mesmo estrague por falta de uso.

Se optar por incluir o estepe no rodízio de pneus, o indicado é seguir a imagem abaixo:

 

Quando fazer o rodízio dos pneus?

Se o proprietário optar por fazer o rodízio dos pneus, todos os fabricantes concordam que a troca seja realizada entre 5 mil e 10 mil quilômetros rodados.

Mas atenção, é essencial que o rodízio de pneus seja feito no mesmo intervalo de quilometragem sempre. Nada de fazer a primeira troca com 5.000 km e a próxima depois de 7.000 km, pois lá se vai a uniformidade do desgaste.

Além disso, quando fizer o rodízio de pneus do carro ou mesmo tenha que trocar um pneu furado, é recomendado realizar também o alinhamento e balanceamento das rodas, garantindo a estabilidade e eficiência nos eixos.

Cuidados adicionais com os pneus e o carro

Agora que você já sabe como fazer o rodízio de pneus, vale citarmos outros cuidados importantes com veículos.

Continuando no assunto, nunca esqueça de fazer a calibragem correta dos pneus, incluindo sempre o estepe, aproveite esse momento para verificar se o mesmo está apto a atendê-lo em uma emergência.

Principalmente antes de pegar a estrada, verifique o funcionamento dos faróis, piscas e lanternas, sendo essa uma causa frequente de multas. Para quem vai viajar, o recomendado é fazer uma revisão completa.

Por fim, para garantir o cuidado e proteção do seu veículo, é importantíssimo contratar serviços voltados para sua segurança. Entre eles, ter um bom seguro é primordial.

Além disso, nós recomendamos o Tracker Smart, um sistema de rastreamento veicular prático e eficiente, que coloca todo o controle do seu carro na palma da sua mão, direto do seu smartphone,

Com ele, você pode:

  • Localizar veículo em tempo real;
  • Bloquear via bluetooth;
  • Criar âncoras virtuais;
  • Monitorar histórico de localizações.

Viu só, toda essa praticidade na tela do celular não é para qualquer um! Entre em contato com os especialistas da Tracker e proteja seu veículo agora mesmo.

Categoria: