icone  esqueço

Fique por dentro de tudo que acontece no Universo Tracker - notícias, estudos, ocorrências de roubo ou furto, novidades, lançamentos de produtos e muito mais! Chegou o Blog da Tracker!

Novidade é aqui mesmo!

Blog da Tracker

ilustração caçador tracker
O Caçador Tracker
February 7, 2022

Roubo de carga: o panorama da criminalidade no país

roubo de carga

Roubo de carga: o cenário em SP, RJ e no restante do país


Segundo um levantamento divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, houve um aumento em relação aos crimes de roubo de carga no Brasil. 

Para se ter uma ideia, entre janeiro e agosto de 2021 foram registrados 4.131 ocorrências somente em São Paulo. O aumento foi de 4,71% se comparado ao mesmo período do ano passado. 

O estudo mostra que os crimes na Capital correspondem a 46,21% das ocorrências, sendo 1.999 registros. Já na região metropolitana, que compõem 39  municípios, houve 1.273 roubos e furtos, o que corresponde a 30,82% das ocorrências. 

O interior do Estado também não escapou dos criminosos. Com 949 casos, os municípios registraram 22,97% de crimes. 

No Brasil, os estados do Rio de Janeiro e de São Paulo somam juntos 80% dos crimes no país. 


Leia mais em: transporte de produtos perigosos: como atuar no ramo?

Qual é o panorama do roubo de carga no Rio de Janeiro? 

Uma pesquisa da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) registrou que o estado do Rio teve uma média diária de 12 roubos de cargas entre janeiro e maio de 2021. 

Apesar do número ser menor do que o mesmo período de 2020, ele ainda causa transtornos entre os motoristas. 

Em entrevista ao G1, portal de notícias da Globo, o caminhoneiro Vítor Menério Gresélie relata a situação com mais detalhes. 

“Se você perguntar pra qualquer motorista, todo mundo foge do Rio de Janeiro devido a essas coisas assim. Tudo aqui é suspeito: passa um carro com insulfilm no para-brisa você já fica de segunda, passa dois manos em cima da moto você já fica de segunda. E não são as pessoas, não é o lugar, é o perigo. Quem gosta de correr perigo?”, conta. 

Como funciona o roubo de carga? 

O caminhoneiro Rogério Teixeira, de 38 anos, em entrevista ao Estado de Minas explica como funciona o roubo de carga. “Quebram sua janela, te chamam de vagabundo e levam embora o dinheiro que você ainda tem para comer. As estradas do Brasil viraram uma guerrilha nesta pandemia”, relata. 

No Estado mineiro, o crime de roubo de carga teve uma queda de 3%. Por outro lado, foi registrado um crescimento de 15% na Grande BH. O número de casos teve um salto de 75 para 86 crimes em 2020. 

O portal de notícias mineiro ainda registrou o relato do caminhoneiro Carlos Alberto Tarcísio de Almeida, de 58 anos.

“O medo existe e tem ficado pior. A gente tenta tomar as precauções em cima do que os colegas contam. Não rodar de noite. Não parar em qualquer lugar, porque na pandemia nem todos os lugares estavam abertos. 

De Contagem a Uberlândia está um terror. A gente sabe do perigo, de colega que trabalhava com cigarro e que os bandidos dominaram e ficaram 4 horas torturando ele. Você não sabe quem é quem, quem é amigo da gente, por isso só paro onde frequento sempre”, conta. 


Quais são as cargas mais roubadas no Brasil? 

De acordo com o relatório feito pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística - NTC&Logística, em 2019, produtos alimentícios, combustíveis, farmacêuticos, cigarros e bebidas são as cargas mais visadas pelos criminosos. 


Leia mais em: Logística 4.0: o que é + como funciona + vantagens

Como prevenir roubo de carga? 

Saiba agora como prevenir roubo de carga antes, durante e no momento em que chegar ao destino. 

Antes do trajeto

  • Procure viajar em comboio;
  • Opte por rodar no horário entre 6h e 22h. Em regiões perigosas, como São Paulo e Rio de Janeiro, trafegue até às 18h; 
  • Verifique se o rastreador e os sensores estão funcionando corretamente; 
  • Estude o roteiro e pontos de parada obrigatórios;
  • Jamais conte a qualquer pessoa qual é o tipo e o valor da carga que está sendo transportado; 
  • No momento da parada, opte por regiões iluminadas, que tenham área de estacionamento e postos com bandeira. 

Durante o trajeto 

  • Tenha atenção aos veículos suspeitos;
  • Informe à central qualquer sinal de risco; 
  • Comunique a central caso desconfie que está sendo seguido;
  • Evite dar carona. Se alguma pessoa solicitar ajuda na estrada, comunique a polícia ou a central de monitoramento; 
  • Jamais estacione em locais desertos ou no acostamento para bater pneu. O mais indicado é buscar por um ambiente seguro e próximo a um posto policial;
  • Evite parar em locais em que o rastreador pode perder o sinal com a central, como debaixo de marquises;
  • Use a tecnologia ao seu favor.

 

Ao chegar ao destino 

  • Estacione o veículo em um local seguro;
  • Aguarde o funcionário da empresa do lado de fora do veículo;
  • Quando for sair ou retornar ao veículo, verifique se o local contém alguma atitude suspeita; 
  • Na hora de descarregar, peça que a central bloqueie o veículo. 


Leia mais em

Como a tecnologia pode ajudar a recuperar a carga? 

A isca de carga é um dispositivo que pode ser colocado discretamente no produto que será transportado pelo veículo. Dessa forma, ela auxilia na localização da mercadoria em situações de roubo e furto. 

Essa tecnologia é considerada um ótimo recurso porque, geralmente, contém uma medida do tamanho da palma de uma mão. Assim, não é possível identificá-la com facilidade. 

O diferencial da isca de carga para o rastreador é que ela é acoplada ao produto, enquanto o rastreador é instalado no próprio veículo. 

No total existem dois tipos de isca: descartável ou recarregável. A primeira é destinada apenas para uma viagem. Já a segunda pode ser acionada várias vezes. 

O roubo de carga é um crime que cresce todos os anos em nosso país. O mais indicado, nessas situações, é tomar atitudes preventivas, e não depois de virar uma nova vítima desse sistema. 

Afinal, quando a sua carga ou seu veículo são rastreados, a chance de recuperar o produto é maior, trazendo mais tranquilidade para a empresa. 


Quer descobrir mais detalhes sobre como funcionam os rastreadores e iscas de carga para o seu veículo? Conheça as soluções da Tracker, uma das principais referências do mercado no Brasil. E tenha mais tranquilidade pelas estradas do país. 


Categoria: